segunda-feira, 23 de maio de 2011

Conto Erotico Gay - Acompanhante Masculino em Sao Paulo - Quarto de Adriel

                                       
ADRIEL, VOCE PODE COMER O MEU NAMORADO?

Era uma sexta-feira, eu ainda morava no flat da Rua Frei Caneca, (aquele lugar era legal,mas a noite inteira eu escutava fortes gemidos vindos de outros apartamentos..rsrsrs) me ligou um cara e me disse: Adriel, eu gostaria de ver você comendo o meu namorado, eu so quero ficar vendo. Como funciona?
Expliquei tudo, e ele me pediu uma única coisa, que no meu apartamento nao tivesse nenhum vestígio de cigarro, nem mesmo um cinzeiro.
     Então dei uma geral no apartamento como de costume antes de receber algum cliente, tomei um banho e fiquei esperando o ‘’casalzinho’’ chegar.
     Já no horário combinado o interfone tocou e eu logo autorizei a subida.
     O rapaz que tinha falado comigo no telefone era de pele morena, cabeça raspada mais ou menos a maquina 2, tinha os olhos verdes, era forte e muito bonito. O seu namorado era novinho, aparentava 18 anos, era sério, quase não conversava. Já o moreno era meio tagarela, foi legal porque ele acabou quebrando aquele gelo que ficou. E eu de inicio sem graça, eu fico sempre assim de inicio, mas depois eu pego a frente de tudo.
     Depois das latinhas de refrigerantes já vazias fomos para o quarto, o Moreno pediu para usar o banheiro e eu então já peguei o novinho e já joguei na cama. (eu queria beija-lo, mas eu não sabia se poderia, se iria rolar ciúmes e tal)..coloquei ele de costas na cama e comecei a morder sua nunca, enquanto isso o Moreno com a luz do banheiro apagada abriu bem pouquinho a porta e ficou olhando, eu percebi e nessa hora meu coração acelerou, passou de tudo pela minha cabeça, o meu tezão naquele garoto estava doendo, mas eu estava fazendo a minha parte e o garoto estava já mais que gostando.
Desci um pouco mais com minha boca explorando cada parte de suas costas, então ele se virou de frente para mim e rolamos de maneira com que eu ficasse por baixa, parecia que ele havia se esquecido por um momento de seu namorado, seu coração estava acelerado e eu o senti um pouco tenso. Tiramos a roupa, e rolamos na cama, sua pele era macia e aquele olhar tímido me fazia fantasiar o sexo que seria feito dali a minutos.
     Coloquei-o de costas mais uma vez e fui direto ao seu cuzinho depilado e cheiroso. Era perfeita, uma bunda imensa e bonita. Meu pau tava latejando. Eu quase entrei na bunda do moleque. Fiquei ali por alguns minutos e o Moreno continuou sondando pela porta do banheiro. Entoa eu comecei a ficar um pouco mais agressivo, pois o meu tezão
estava me matando e como o Moreno estava adorando a palhaçada, decidi deixar a timidez de lado e partir para o abate mesmo. Levantei-me dali e fiquei de joelhos na cama, meti minha rola na sua boca, e fiz ele engolir o meu cacete duro ate a garganta quente. O moleque se tremia todo. Então nessa hora o moreno saiu do banheiro pelado e de pau duro. Era um cacete imenso, acredito que dava dois do meu então me lembro de ter visto um cacete tão grande. O moleque nessa hora tremeu mais e o Moreno socou aquele cacete imenso no seu, e ele me chupando. Ele bombava aquela bunda com tezão, amor, gosto, odeio, fetiche... E o moleque me chupava intensamente escutando minhas besteiras e do Moreno. Então invertemos. Coloquei uma camisinha no meu pau babando. E coloquei o garoto sentado encima. Ele cavalgava e pulava e eu socava sem do. Ele virava e revirava os olhos para cima fechando-os e gemendo baixinho como quem não queria gemer, porem gemia como quem estava sentindo tezão e o gemido saia meio que involuntário. O Moreno se masturbava e pedia mais. Eu socava, e passava as mãos em cada parte que eu conseguia para aproveitar cada momento de tezão que eu estava sentindo. Então eu senti algo molhado na minha barriga e fui conferir. O garoto estava gozando, com os olhos fechados, gozando muito, me molhando todo. O Moreno não havia percebido e eu percebi que o garoto estava preocupado com isso, mas nessa hora como já estávamos explodindo, o Moreno com certeza também, então sugeriu que gozássemos. O garoto então ficou de 4 e me chupando e o moreno bombando gostoso enquando o o garoto mamava gostoso o meu cacete. Então o Moreno gozou dentro do moleque, e eu na boca dele, e ele gozou de novo. Rsrsrsrssrs
     Eu meio que fiquei desfalecido na cama e o Moreno parecia estar irradiante de tão satisfeito....rsrsrsrsrs
      Tomamos um banho e conversamos um pouco, logo eles saíram e eu fiquei pensando na foda, como sempre....rsrsrsrs

Um comentário:

Sunshine Sweet Heart disse...

Nossa que intenso!... Nunca pensei que em um conto pequeno eu iria ficar tão excitado!

Um dos melhores que já li, se é que pode ter um melhor!

Só fiquei torcendo para que tivesse havido o repeteco no mesmo instante!

Delícia!